sábado, 13 de março de 2010

재벌 (Chaebeol) - As potências econômicas coreanas

Trata-se do termo coreano para conglomerados econômicos poderosos possuidores de inúmeras multinacionais espalhadas por todo o mundo. Mais especificamente, é a monopolização empresarial que exerce influência mundial no cenário econômico.

Uma pequena aulinha de história (caaaalma, é só um panorama histórico básico!):

A Coreia do Sul faz parte do grupo dos Tigres Asiáticos (lembram-se disso?) em virtude de seu rápido crescimento econômico a partir da década de 60. Após a Segunda Guerra Mundial, a Coreia estava tomada pela influência do Japão, o qual ocupou a península até a rendição japonesa na guerra. Com tais influências capitalistas (ao contrário da Coreia do Norte, que ficou tomada de influências socialistas por causa da ocupação soviética durante a Guerra Fria), a Coreia conseguiu desenvolver sua economia de forma agressiva e rápida, tomada de capital estrangeiro atraído pela mão-de-obra barata e disciplinada (em razão da influência confucionista), pela isenção de impostos e consequentes baixos custos de instalação de empresas.

Assim como a Coreia do Sul, fazem parte dos chamados Tigres Asiáticos Hong Kong, Cingapura e Taiwan.

O termo 재벌 é correspondente ao antigo termo japonês 財閥 (zaibatsu) e ao atual (obrigada pela atualização, Tais :D) 系列 (keiretsu), já ouviram falar? São  bem mais conhecidos do que termo coreano. Os zaibatsus ocorreram em épocas diferentes em relação ao 재벌, mas têm correspondência em razão do tipo de estratégia econômica adotada.

Dentro do 재벌, existem quatro grupos que são mais conhecidos mundialmente:

삼성그룹
현대그룹
엘지그룹
에스케이그룹

Can you figure it out? Não olhe a resposta antes de ler tudo e associar com multinacionais que você conhece!

그룹 nada mais é que GROUP (grupo).

Vejamos as leituras:


삼성그룹
[sámsón]
Esse "m" é fechado, ou seja, tem som de "m" mesmo, não de "n".



현대그룹
[hyóndé]




엘지그
[elji]
Mais comum ver
LG 그룹




에스케이그룹
[eskei]



SAMSUNG é famosa por ser a maior empresa de eletrônicos do mundo. Seu nome em hanja (em forma de ideograma chinês) é 三星, ou seja, "três estrelas".

HYUNDAI é conhecida como empresa automobilística, apesar de atualmente estar investindo fortemente em contêiners, elevadores e serviços. A leitura em hanja é 現代, que significa "modernidade".

LG possui grandes invstimentos em eletrônicos também, sendo o terceiro maior grupo do 재벌 da Coreia. O grupo possui investimentos também na área petroquímica e de telecomunicações.
A sigla LG, inicialmente, foi dada pela junção da empresa Lak-Hui Chemical Industrial Corp. (hoje, LG Chem) e da GoldStar Co., Ltd. (hoje, LG Electronics). Lak-Hui pronuncia-se como "Lucky", daí o "Lucky GoldStar".
Atualmente, a referência para LG mudou em virtude do slogan "Life is Good", promovido em 2004.

SK é um grupo empresarial que lida com o setor químico e com telecomunicações, principalmente. Trabalha com telefones, Internet banda larga e wireless. A sigla SK deriva de Sunkyung Group, o antigo nome da empresa.


Curioso que todos nós falamos SAMSUNG e HYUNDAI de uma maneira abrasileirada, ou seja, "sãmsungi" e "ryundái" (o que não é errado!), sendo que a pronúncia original é bem diferente. Mas não vá à loja de celular pedindo um modelo tal da Samsón! O atendente vai achar que você tá com dariz itupido.

Veja esse comercial de uma TV Led da Samsung e ouça a pronúncia do cara em 0:12 @____@
Muito louco... (a tv, não a pronúncia)



E, aqui, um comercial da Hyundai com a gracinha da Yuna Kim. To preparando um post sobre ela :)
Repare a pronúncia de 현대 자동차 no finalzinho. 자동차 é carro, veículo.




É isso!

8 comentários:

LTerassi disse...

Nossa, pronunciar hyeondae é BEEM³ mais bonito que hyundai! Enfim, valeu pelo post! (e ponha sonzinhos!)

Tais Marie disse...

Uma que merece atenção é a Lotte, que tem presença nos dois países - Japão e Coreia. É geralmente de alimentos (chocolates, balas, biscoitos), mas na Coreia tem até o Lotte Park.

바보 disse...

Oi, Tais!

Obrigada pelo comentário!

Então, a Lotte eu pensei em colocar também, mas acabei me restringindo aos 4 maiores grupos mesmo. Pelo que vi, a Lotte tá mais ou menos no 10o lugar, se não me engano.

Eu adoro os chocolatinhos da Lotte... hummmm, hehehe!

Até mais!

Tais Marie disse...

Ah tá...décima??? o_O E eu pensava que ela é uma das top 5 entre as poderosas...
E o termo no nihongo atual é "keiretsu" (que mantém praticamente a mesmíssima estrutura, só que precisa sempre de um banco pra funcionar), os zaibatsus foram *cof* parcialmente *cof* dissolvidos na Ocupação Americana pós-II Guerra, tendo até seus dividendos confiscados em 1946.
Até mais e thanks very much pelo blog (sem ele, só pensava que jamais conseguiria aprender coreano, rs)

바보 disse...

Keiretsu? Hmmm, um termo novo pra mim, hehe! Muito obrigada! Já fiz a atualização (com os créditos para você) :D

E que bom que está aprendendo com o blog! Fico mto feliz ^^
Até mais!

Carlos disse...

Olá 바보, também poucos brasileiros conhecem o CJ Group (a antiga CheilJedang, 체일재당), do qual pertencia o grupo Samsung (até 1998).
Atua no ramo de entretenimento, tv a cabo, home shopping e alimentação (www.cj.net). É meio "idolatrada" na Coréia e tem filiais na China, Filipinas, Indonésia, Vietnam, Austrália e, recentemente, em Piracicaba-SP (onde, coincidentemente, está se instalando uma unidade da Hyundai).

바보 disse...

Oi, Carlos!
Hmm, legal saber sobre a CJ Group! Não sabia dessa. :) No fim tem diversas empresas que nem deu pra comentar. Tem tantas, né? Inclusive a Posco. Quem sabe num próximo post falo sobre as outras empresas nao citadas neste.

Muito obrigada pelo comentário! :D

Larissa Costa S. Silva disse...

só reconheci a Hyundai Porque meu appa trabalha lá kkkkkk