terça-feira, 16 de março de 2010

[Gramática] - Pronomes de tratamento (Parte 1)

Os pronomes de tratamento na língua coreana são de extrema importância seja num discurso, seja num texto, seja numa conversa trivial. Não somente na língua coreana, mas nas línguas do extremo leste.

Em virtude do passado milenar imperial, esse tipo de denominador de "espaço" em que cada falante se encontra em relação a seu interlocutor tornou-se algo essencial na comunicação na língua oriental. A necessidade de se encontrar/localizar hierarquicamente é uma característica intrínseca à cultura oriental, de uma forma geral.

A linguagem honorífica, chamada 높임말, determina a distância a qual o sujeito pretende colocar seu interlocutor, assim como sua posição social com denotação de respeito - ou desrespeito, né? Tenha em mente que sempre há uma intenção ao denominar uma pessoa com um honorífico.

Portanto, vejamos os honoríficos mais comuns:

Sufixos honoríficos

Sufixos honoríficos são pospostos aos nomes, não os substituindo por completo. Eles nunca devem ser utilizados pelos falantes a fim de se referir a si próprio. Isso demonstra arrogância.


sshi 
[Sr., Sra.]
  • Com quem usar: pessoas mais velhas e/ou de nível hierárquico superior ao do falante. Normalmente se utiliza com pessoas que você não conhece ou que acabou de conhecer. Ao utilizar o 씨, determina-se uma certa distância entre os falantes, o que representa um certo teor de respeito. Pode-se usar tanto para homem quanto para mulher. Semelhante ao さん (san) do japonês.
  • Como utilizar: sempre utiliza-se o 씨 após o nome completo da pessoa ou somente ao nome. Por exemplo: 김형준씨 ou 형준씨. Utilizar somente após o sobrenome é rude, pois demonstra superioridade forçosa do falante em relação ao seu interlocutor.
  • Quem pode usar: ambos os sexos.

아/야 a,ya
  • Com quem usar: pessoas íntimas e/ou de nível hierárquico igual ou inferior ao do falante. Determina proximidade e carinho em relação ao interlocutor. Pode ser tanto homem quanto mulher. Corresponde ao ちゃん (chan) e くん (kun) do japonês.
  • Como utilizar: acopla-se ao nome, sem o sobrenome. O 아 se junta ao nome que termina com batchim, ao passo que 야 se junta ao nome terminado sem batchim. Por exemplo: 미나야, 규정아.
  • Quem pode usar: ambos os sexos.

gun 
[Sr., Lorde]
  • Com quem usar: homens de nível hierárquico superior ao do falante e que sejam novos (não idosos), ou simplesmente como forma de respeito. Correspondente ao 아/야, porém com um nível de formalidade e respeito maior. Utilizado em casamentos e situações formais. Semelhante ao 씨. Não confundir com o くん (kun) do japonês, que é de uso informal e íntimo.
  • Como utilizar: acopla-se ao nome, sem o sobrenome, ou então somente ao sobrenome. Por exemplo: 김군, 광해군.
  • Quem pode usar: ambos os sexos.

yang 
[Senhorita]
  • Com quem usar: mulheres de nível superior ao do falante e que sejam novas (não idosas), ou simplesmente como forma de respeito. Corresponde à versão feminina de 군.
  • Como utilizar: igual ao 군. Por exemplo: 수민양, 은혜양.
  • Quem pode usar: ambos os sexos.


Títulos honoríficos

Substituem os nomes por completo ou complementam como um sufixo.

선생 [professor, doutor]
  • Com quem usar: pessoas hierarquicamente superiores ao falante, mais velhas e que possuem profissões como professores, médicos, advogados, principalmente. Apesar de ser largamente utilizado como "professor", geralmente esse pronome é endereçado a pessoas que exercem algum tipo de influência geral à sociedade. Pode ser usado tanto para mulheres quanto para homens. Corresponde ao 先生 (sensei) do japonês, ou seja, "pessoa que nasceu antes".
  • Como utilizar: não utiliza o nome da pessoa, mas somente o título 선생. Pode ser colocado o 님 após o 선생 como forma de demonstrar mais respeito.
  • Quem pode usar: ambos os sexos.

선배 [veterano, sênior]
  • Com quem usar: estudantes veteranos no meio estudantil, esportivo ou mesmo em atividades de negócios em que há veteranos. Representa o respeito que deve haver em relação aos mais antigos em determinado espaço social. Pode ser usando tanto para mulheres quanto para homens. Corresponde ao 先輩 (senpai) do japonês.
  • Como utilizar: em substituição ao nome da pessoa, se referindo diretamente a ela ou colocando após o nome. Por exemplo: 이정 선배 ou somente 선배.
  • Quem pode usar: ambos os sexos.

후배 ["calouro", júnior]
  • Com quem usar: para se referir a calouros de um meio estudantil, esportivo ou em atividades de negócios em que há veteranos. Corresponde ao 後輩 (kōhai) do japonês.
  • Como utilizar: em substituição ao nome da pessoa, se referindo a ela não diretamente, mas em terceira pessoa (se referindo a ela para uma outra pessoa). Por exemplo: 윤아 후배 알고 있어? (Conhece a caloura Yun Ah?)
  • Quem pode usar: ambos os sexos.


Veja aqui, da novela Boys Before Flowers, a personagem 가을 chamando sua amiga 잔디 (depois de mastigar de boca aberta ¬¬).
Em 0:16:
「잔디!」


Gracinhas ^^ 가을 significa "Outono", ao passo que 잔디 significa "erva", "planta" (o que é motivo de zuação na novela). =P


Agora, veja usos de alguns sufixos numa situação em que requer diversos usos.

Boys Before Flowers, episódio 10

1:12 - O cara diz:
「너... 가을!」
Aqui, por estarem somente os dois e por causa da surpresa em rever a 가을, sua ex-namorada, ele a trata simplesmente pelo nome, sem sufixo. Logicamente, ele quis criar uma intimidade maior naquele momento, já que eles não se viam há algum tempo e ele está supreso que ela está mais bonita que antes, quando namoravam.

1:29 - Yi Jung diz:
「가을
Aqui, Yi Jung a chama por 씨 como forma de respeito a ela e à pessoa que está próxima dela (o ex-namorado). Não que Yi Jung e Ga Eul não sejam próximos, mas a intenção é que propositalmente o ex sinta a relação de respeito que existe entre ambos, ao contrário da relação dela com o ex.  Perceba a olhada que Yi Jung dá no cara, como forma de indiferença.
Em inglês, a tradução ficou como Miss.

1:45 - O besta do ex diz:
「가을!」
Aqui, ele quis criar uma relação de carinho com ela, chamando-a com 아. A intenção aqui foi de apelação, visto que o cara sentiu seu lado fraquejar depois que o Yi Jung chegou com a bola toda, hahaha.

2:02 - Yi Jung diz:
「가을
Aqui, denotando um respeito até mais cavalheiro, ele a chama com 양, ou seja, Senhorita Ga Eul, ainda mais depois de anunciar publicamente que ela é a garota a quem seu coração pertence. Isso a coloca num status elevado não somente em relação a ele, mas em relação a todos que estão ali presentes.

Meu momento 15 anos:
Hoooo~, quem não gostaria de ter um Yi Jung...? hahahaha! Aliás, esse casalzinho é o mais fofo da novela... a Ga Eul é linda e o Yi Jung maravilhoso xD Whyyyyyy this so f***ing cute smile??

Bom, voltando... cof cof. -_-'

Agora, da mesma novela, veja o uso de 선배.


Em 2:01, 잔디 se depara com 지후, que é de um ano acima dela na escola, portanto, seu veterano. Assim, ela o chama de 선배.

Bom, deu pra entender, né?
Próxima parte falarei sobre mais honoríficos.
안녕!

★★★

2 comentários:

Mattheus disse...

muita coisa pra ler, vou ler essa semana as partes dos pronomes de novo e depois vou ler tudo isso. ainda vou começar a ver esse drama, já baixei o primeiro ep *0*

Anônimo disse...

Olá! O seu blog tem me ajudado bastante, tudo tão completo e bem explicado. Onde você estuda coreano?!
Jeane
jeanemq@gmail.com