quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Batchim - Parte 3 (NG e M)

Continuação.

NG batchim
Consoante:

Quando a palavra termina com essa consoante, o som é um /ng/ bem curtinho, sem pronunciar nenhuma vogal junto. É como se o som parasse no /n/ e ficasse entalado na garganta, com o nariz entupido (haha!). Bizarro... mas é isso mesmo.

Exemplos:
/pang/ (quarto)
식당 /shik.tang/ (restaurante, refeitório) - repare que o  ㄷ é pronunciado como /t/ mesmo, pois o batchim ㄱ anterior o reforça.
/hyeong/ (irmão mais velho ou somente uma nomenclatura para um homem mais velho que você - termo usado somente por homens)


Quando o NG batchim é seguido de uma vogal, ele continua /ng/:

강의 /kang.e/ (palestra, aula expositiva)


Quando o NG batchim é seguido de uma consoante, o /ng/ NÃO reforça essa consoante:

중국 /chung.guk/ (China)
동경
/tong.gyeong/ (Tóquio)
정말
/cheong.mal/ (realmente, de fato) 
행복하다 /haeng.bok.ka.da/ (ser feliz) 

As consoantes ㄱ, ㄷ, ㅂ e ㅈ que vêm em seguida do batchim são pronunciadas em suas formas moduladas:

(ㄱ) /k/ → /g/
(ㄷ) /t/ → /d/
(ㅂ) /p/ → /b/
(ㅈ) /ch/ → /j/

Agora escute os sons aqui:



M batchim
Consoante:

Quando a palavra termina com essa consoante, o som é um /m/ bem curtinho, sem pronunciar nenhuma vogal junto.

Exemplos:
/pom/ (primavera)
여름 /yeo.reum/ (verão)


Quando o M batchim é seguido de uma vogal, o /m/ conjuga com a vogal, mas não modula:

마음 /ma.eum/ 마음이 /ma.eu.mi/
여름
/yeo.reum/ 여름 /yeo.reu.mi/


Quando o M batchim é seguido de uma consoante, o /m/ NÃO reforça essa consoante:

김치 /kim.chi/ (kimchi, conserva apimentada)


Bem simplezinho, né? Agora escute os sons aqui:


1a parte: K batchim e P batchim
2a parte: T batchim
3a parte: NG batchim e M batchim
4a parte: N batchim e R batchim
5a parte: Regras de assimilação
6a parte: Revisão geral

☆☆☆

19 comentários:

Anônimo disse...

ola eu sou o eduardo,eu tenho uma duvida relativo ao batchim 3,la voce escreveu essa palavra 식당=shik.tang,pq aqui foi pronunciado o K se o k modula a consoante seguinte?tipo voce deu um exemplo em outra explicacao 떡뽂이=tteo.ppo.kki,tipo agora vc naun pronunciou o primeiro K,teria como me mandar um email me explicando isso?,muito obrigago.(edu369@hotmail.com)

바보 disse...

Eduardo,

Boa observação! :)
Acabei não colocando essa exceção na explicação do batchim K, desculpe. Trata-se de uma série de regrinhas que ficaram todas juntas nas tabelas, na Parte 5 dos Batchims (Regras de assimilação).

No caso do 식당, se pronuncia shik.tang mesmo, com o K. Quando combinado com algumas consoantes, o K acaba sendo pronunciado brevemente e de forma "tensa". É a regra da "Tensificação".

Por exemplo: 학생 é hak.saeng mesmo, já que o ㅅ não tem modulação. Porém, tente pronunciar o K em 떡뽂이. Difícil juntar o /k/ e /p/, né? Então, é mais uma questao de lógica mesmo.

Então, 식당 acaba sendo pronunciado [식땅]. Desculpe não poder explicar o porquê da regra, porque não fui eu quem criei, haha. Regras costumam ser motivadas ou pelo costume/uso (necessidade fonológica) ou por uma necessidade externa. Neste caso, acredito que seja pelo uso...

Bia :) disse...

Mais algumas dúvidas. 1°) Você disse quando o ㅁ vem seguido de consoante, ele não reforça ela. Mas ele é pronunciado? 2°) Você também disse que quando as consoantes ㄱ, ㄷ, ㅅ, ㅂ e ㅈ vem depois do batchim, são pronunciadas em sua forma modulada. Qual seria a forma modulada de ㅅ? 3°) Em 강의 você colocou a pronúncia como sendo kang.e. Mas quando eu olho a tabelinha, eu vejo que 의 na verdade é /weui/. Já vi várias letras de músicas desse jeito. Por que isso?
Bom, são só essas em relação a este post. Obrigaada! :)

바보 disse...

Bia,

Vamo lá :P

1) Quando o ㅁ vem seguido de consoante, ele não a reforça, mas é pronunciado sim! tipo na palavra 김치, são pronunciadas todas as letras: kim.chi.

2) Pode crer, me equivoquei aqui. Não existe forma modulada de ㅅ, haha! Tanto que nem coloquei na lista, só no parágrafo... já ta apagado lá. Obrigada!

3) A pronúncia de 의 pode ser tanto /eui/ quanto /e/. Depende da posição em que se encontra:
No começo da palavra: /eui/
No meio ou fim: /e/

Desculpe, havia esquecido de detalhar isso no post. Mas agora ja ta lá.

Provalmente vc ja viu bastante isso nas músicas porque 의 é a partícula genitiva (de, da). Veja nesse post:
http://www.aprendendocoreano.com/2010/02/particula-genitivo.html
:)

Renato disse...

Vou começar hoje a aprender coreano,mas quero saber se a lingua é tão dificil como estou pensando,até agora percebi que a pronúncia dela é cheio de REGRAS,sei que se eu quiser mesmo aprender irei que dá duro,mas coreano pareçe ser mais dificil que chinês

블로그 정말 좋군요
Não sei se está frase está certa usei o tradutor do google e sei que não é muito BOM confiar nele
obs:na frase acime queria escrever seu blog é bom,não sei se está certo ¨_¨
¬_¬

바보 disse...

Olá, Renato!
Realmente o coreano tem bastante regrinhas, mas é uma coisa que a gente vai aprendendo naturalmente. Olhe o português, veja quantas regras existem e a gente nem percebe! E isso só acontece pq somos nativos... o português tem MUITO MAIS regras gramaticais, ortográficas e fonéticas que o coreano, sem dúvida.
E acredito que o coreano não é nem de longe mais complicado que o chinês. Chinês me parece muuuito mais complicado, ainda mais por causa dos kanjis. O coreano, vc aprende o alfabeto e blz, não precisa se preocupar mais com escrita! Só com regrinhas de pronúncia.
Mas isso é só minha opinião! ^^'

E o que vc escreveu em coreano até que está correto, sim. Pelo menos deu para entender o sentido!
Bons estudos! Nao desista! :D

Anônimo disse...

oi,
meu nome é meiry, td bem?
eu tenho uma duvida qto ao batchim ᄋ..
por exemplo,na palavra 사랑해, o meu filtro linguistico me faz escutar sara"nhe" as vezes, não sempre.
é impressão minha ou as vezes esse batchim , seguido de vogal, pode ter um som parecido com o /nh/?
Obrigada

바보 disse...

Oi, Meiry!
Obrigada pelo comentário!
É isso mesmo, o batchim ㅇ, quando junto com uma vogal em seguida, acaba saindo como se fosse um "nh", por causa da junção do "ng" com o "he". E mesmo com o h não sendo pronunciado, só a nasalização com o "ng" já dá a impressão de ser "nh".
Bom ouvido o seu! ^^
E ainda vou responder ao seu email, viu? ^^'

Juh disse...

olá, :D

bom a minha dúvida eh sobre a palavra
행복하다
eu nao entendi pq na hora da leitura fica assim > haeng.bok.ka.da
por o ㅎ estar seguido de vogal o H eh mudo entao o K do .bok. foi para o .ha., q no caso ficaria somente .a....

eh isso?
não deveria ser haeng.bok.A.da?

Shelha (S+S) disse...

Minha dúvida é igual a da Juh, ai em cima.

Mas pelo o que eu entendi o batchim ㄱ, quando seguido de consoante, nesse caso o 히 (sem o i né) é pronunciado do mesmo jeito normal (ou seja, /k/ ou /g/ dependendo da posicão) - na explicação não falava nada de modular, então pela lógica ficaria = /haeng.bok.ha.da/ sendo que o /h/ é consoante aspirada e as vezes eu tenho a impressão que o som de sopro que a gente deve fazer fica meio que som de /r/ tipo o som de risada (ha, ha, ha - rá, rá, rá).

Vixe, escrevi muito.

Mayu disse...

Olá. Adoro o site e sua forma de ensinar coreano. Parabéns!
Mas estão, tenho uma dúvida. Na palavra 고양이, se lê: Ko.yang.i ou Ko.Yan.gi?

Matheus disse...

minha duvida é quase a msm... a pronuncia não seria haeng.bok.ha.da?
ou o H é uma excessão, assim ele da origem ao que vem antes dele, no caso o /K/, assim ficando haeng.bok.ka.da?

Obg

Edward Elrick Baudelaire disse...

Olá minha duvida é igual aos demais ai em cima xD
pelo que eu entendi a palavra >
행복하다 seria haeng.bok.ha.da e não haeng.bok.ka.da

pois na regra diz q o ㅎ so perde o som se ele estiver na posi;ao de batchim e seguido de vogal, aqui ele esta seguido de vogal mas nao esta na posi;ao de batchim.

vendo pela regra do ㄱ seguido de qqr consoante ele eh pronunciado ....

a menos q seja uma excessão .... é então uma escessão????

Jean disse...

Olá, tenho uma dúvida quanto a palavra 강의, que fica "kang.e". Mas essa última vogal não seria o ui, lendo-se "kang.ui"?

ps: Estou adorando o blog, muito bom bem feito e com ótimas explicações, parabéns.

Jean disse...

olá, sei que essa pergunta deveria estar na parte de Batchim T, mas quero aproveitar que já fiz uma pergunta aqui e farei outra. Espero que não tenha problemas xD.
Quando vc diz:
"Quando o T batchim ㄷ (somente ele) é seguido de uma vogal, o /t/ modula para /d/.
Obs: quando isso acontece com as consoantes ㅆ, ㅈ, ㅊ e ㅌ, não há modulação para /d/. Continua /t/, pois algumas são aspiradas e outras, duras."

Esse "/t/" é de letra t ou batchim t? Ou seja, seguidos de vogal essas consoantes ficam com som de t, ou com seus sons originais?

Anônimo disse...

Me tira uma dúvida na palavra 감사합니다 porque a consoante ㅂ não tem nada a ver com a palavra, não entendo :/

Bianca Silva disse...

Olá me tire uma dúvida: por que em 강의 /kang.e/ começa com /k/ e não com /g/??
Há e eu não estou conseguindo ouvir os audios, será que é alguma configuração do meu pc??

David de Oliveira disse...

Por que se pronuncia 행복하다 /haeng.bok.ka.da/ e não 행복하다 /haeng.bok.ha.da/ ?

Anônimo disse...

Oi , meu nome Giovanna
Desculpa mas eu n to conseguindo ouvir os sons nenhum, e so eu eu já atualizei ja reiniciei e n vai. Alguém me ajuda pf.